O prefeito de Ilha Solteira, Otávio Gomes (DEM), está na capital paulista, onde participa de simpósio promovido pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP).  O evento, voltado prioritariamente aos prefeitos e que tem como tema a Judicialização da Saúde, reúne representantes do Poder Judiciário, do Ministério Público e de órgãos afetos ao tema para debater ações e soluções para a questão da judicialização dos procedimentos na área de Saúde.

No simpósio estão sendo debatidos o atendimento de demandas trazidas no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS); serviços prestados pelas operadoras de planos de saúde; requisição de novos medicamentos; realização de procedimentos de alta complexidade; e a destinação de leitos hospitalares para atendimento da população.

Somente em 2018, segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde, a judicialização de procedimentos na área Saúde, consumiu um total de R$ 664,7 milhões. O montante seria suficiente para a construção de 21 novos hospitais, com 120 leitos dotados de salas cirúrgicas, coleta de exames, consultórios e equipamentos.

De acordo com a Pasta de Saúde, no exercício passado foram mais de 55 mil usuários beneficiários atendidos por meio de decisão judicial – 38.881 decorrentes de fornecimento de medicamentos, 13.580 para fornecimento de materiais de consumo e 2.719 ligados à prestação de serviços hospitalares.

 

Departamento de Comunicação